HISTÓRIA: A Estação de Campo Limpo Paulista em 1881



Por Cleber Aguiar


Amigos do Botujuru Online foto da inauguração da Estação Campo Limpo Paulista na página Instagram Jundiahy. Um belo acervo de Jundiaí e região para manter viva a história nessa parte muito importante para o desenvolvimento do Estado de São Paulo.


LinK: https://www.instagram.com/jundiahy_/


A estação de Campo Limpo foi inaugurada em 1881, dando origem à cidade, então no município de Jundiaí. O provável motivo para o estabelecimento da estação foi para agir como entroncamento da E. F. Bragantina, inaugurada em 1884, mas já decidido desde 1878 (Veja caixas abaixo, de 1878).

A partir de 4 de maio de 1884, inicialmente de forma provisória. passou a sair dali a E. F. Bragantina, que cerca de vinte anos mais tarde foi incorporada pela SPR.

Com a encampação desta pela União em 1946, dando origem à E. F. Santos-Jundiaí, a Bragantina passou ao Estado de São Paulo. Em 1967, a Bragantina foi extinta.

A imigrante russa Ludmilla Vorobieff (Lúcia) é quem conta que em 1948 e 1949, os armazéns de carga da estação de Campo Limpo serviram de alojamento para os imigrantes vindos da Europa, pois, de 1943 a 1951, a Hospedaria dos Imigrantes estava ocupada pela Escola Técnica de Aeronáutica. Lúcia chegou ao alojamento de Campo Limpo em agosto de 1948, com dois anos e com seus pais, numa leva de imigrantes russos vindos da Alemanha, trazidos pela ONU. Segundo Lúcia, que pesquisou o assunto, a hospedaria da estação de Campo Limpo não aparece na história, somente sendo lembrada nos testemunhos dos que por lá passaram.

A estação de Campo Limpo hoje atende aos trens metropolitanos da CPTM, e foi reconstruída com um prédio mais moderno ente 1977 e 1979. Em 2008 a cobertura da plataforma foi ampliada.


Fontes: G1, Paixão pela história, Sebo Campo Limpo, FEPASA.