CORONAVÍRUS: Exame sorológico para covid-19 entra na cobertura de planos de saúde


Fonte: www.jj.com.br - Jundiaí

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou, após realização de análise técnica, a inclusão dos exames sorológicos para covid-19 no rol de procedimentos com cobertura obrigatória pelos planos de saúde. A determinação foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (14).

Os testes sorológicos identificam pessoas que já tiveram contato com o vírus e, por isso, devem ser feitos a partir do oitavo dia de contágio. A cobertura do exame RT-PCR, que busca o material genético do vírus no organismo, já era prevista desde o dia 12 de março.

Agora, aqueles que suspeitarem de contágio pelo novo coronavírus podem também solicitar o exame sorológico pelo plano de saúde. A medida é válida para os exames de anticorpos IgG ou totais – métodos que buscam anticorpos específicos para o coronavírus no sangue.

Os anticorpos IgM, que são generalistas, são produzidos pelo nosso corpo no início do contágio entre o terceiro e o quinto dia da infecção. Já os anticorpos IgG, que são específicos para um agente viral, costumam aparecer na fase tardia de uma infecção – no caso da covid-19, após o oitavo dia.

A decisão da diretoria colegiada do órgão, divulgada ontem (13), veio após terem sido observadas evidências científicas que comprovam o uso deste método como diagnóstico.

O órgão entende ser obrigatória a cobertura do exame sorológico para pacientes segundo certos critérios: apresentar quadro de síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave, a partir do oitavo dia do início dos sintomas; ou crianças ou adolescentes com quadro suspeito de síndrome multissistêmica inflamatória pós-infecção por covid-19.

São excluídos todos os pacientes que não cumprirem um dos dois critérios acima e ainda aqueles com teste RT-PCR ou sorológico prévio positivo, com exame sorológico negativo feito há menos de uma semana, ou ainda testes rápidos.

Também não há cobertura para os pacientes com prescrição para rastreamento de contatos, retorno ao trabalho, pré-operatório, controle de cura ou contato domiciliar com caso confirmado.