ANÁLISE POLÍTICA: BOLSONARO E AS ARMAS A AUSÊNCIA DE PROJETO DE SEGURANÇA PÚBLICA NO BRASIL.


Bolsonaro enfim assinou o decreto que flexibiliza as exigências para a posse de armas no Brasil.

Pois foi a promessa de campanha do atual presidente da pátria a amada “servil”.

Ele que sempre integrou, orgulhosamente, a “Bancada da Bala” no Congresso.

Criada para atender ao lobby da indústria armamentista e os seus critérios.

Sendo este projeto uma clara tentativa de seguir o caminho dos EUA, algo que parece rotineiro, aliás no discurso de Bolsonaro.

Vivendo num eterno “copia e cola” dos debates políticos que acontecem no país de Trump mostrando seu despreparo.

Estamos diante de um governo que não pensa no povo e nesse cenário que, sem qualquer tipo de debate foi editado o decreto em questão.

Ficando assim do jeito que está e sem nenhum tipo de resolução.

Pois não resolverá a questão da violência deixando o Brasil ainda mais inundado de cenas típicas de “bangue bangue”, tiroteios e assassinatos.

Isto prova a ausência de projeto para a segurança pública, bem como as “viagens” de um presidente lunático.

Marcelo Bento da Silva

Bacharel em Direito, Pós Graduado em Direito Previdenciário, Sócio do Escritório Simon & Rodrigues Advocacia Atuante Nas Áreas do Direito

Previdenciário e Direito do Trabalho.

Formado pela UNIESP - Faculdade de São Paulo.

Pós Graduado pela Faculdade Legale Cursos Jurídicos – SP.

#marcelo #bento #bolsonaro #presidente #segurança #armas