FURTOS: Aumenta número de furtos e roubos no Metrô e na CPTM


Fonte: Agora São Paulo Online

Thiago Braga e William Cardoso

Pelo segundo ano consecutivo aumentou o número de roubos e furtos no Metrô e na CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos).

De janeiro a junho deste ano houve 1.839 casos de roubo e furto, número 5,6% maior do que o mesmo período em 2017, quando houve 1.741 casos.

O ano passado já havia apresentado um aumento de 18,9% em relação ao primeiro semestre de 2016.

Os números foram obtidos pelo Agora via Lei de Acesso à Informação e consideram os casos de roubos e furtos registrados tanto no Delpom (Delegacia de Polícia do Metropolitano), quanto nas delegacias de bairro.

O Metrô diverge das informações da Secretaria de Segurança Pública obtidas pela reportagem e diz que houve queda neste tipo de crime.

Resposta

A Secretaria dos Transportes Metropolitanos, gestão Márcio França (PSB), diz que "Metrô e CPTM desenvolvem ações regulares de segurança e contam, ao todo, com mais de 11 mil câmeras de vigilância instaladas em pontos estratégicos e 2.500 agentes, uniformizados e à paisana".

Afirma também que, "considerando que de janeiro a junho cerca de 1,3 bilhão de passageiros foram transportados,1.839 casos dão média de 0,000001 ocorrência por passageiro".

Segundo a secretaria, de janeiro a agosto, o número de ocorrências "diminuiu 14% em relação a igual período de 2017, caindo de 313 casos (0,43 ocorrência por milhão de passageiros) para 273 casos (0,37)".

Essas ocorrências, segundo a nota, são registradas na Delpom (Delegacia de Polícia do Metropolitano).

A secretaria diz que, na CPTM, houve um crescimento de 22% neste ano nas prisões em flagrante – o índice é de uma ocorrência por milhão, segundo a secretaria, e era de três por milhão em 2008.

A Delpom diz que realiza operações nas estações, principalmente naquelas onde o fluxo de usuários é mais intenso.

"Essas ações possibilitaram redução de 16% dos casos de roubos, de janeiro a junho de 2018 em comparação com 2017. Se levarmos em consideração os dados até julho, a queda é de 14% nos roubos".

#furto #assalto #roubo #cptm #metro